Como trabalhamos? E porquê?

Quando, por incentivo da Reitoria, o Jornal Diurna. se alargou do Porto para Lisboa, assumindo uma dimensão nacional, foi importante pensar na melhor forma de garantir a agilidade da Equipa, sem que o trabalho de cada Edição sofresse por falta de sintonia.

Para isso, formaram-se duas equipas editoriais, plenamente independentes entre si, cada uma coordenada pelo seu próprio Editor-in-Chief, numa estreita articulação entre ambas. Essa articulação e a representação institucional passaram para a competência de um novo nível hierárquico que antes desta expansão não existia: a Direção Nacional.

Direção Nacional

Equipa de Editores

Católica no Porto

Católica em Lisboa